sábado, 31 de dezembro de 2011

Todo aquele blá blá blá

Final de ano, momento de relembrar o que fizemos; de dizer "Nossa, como passou rápido" mesmo que dos 365 dias do ano você reclamou 340 dizendo que o dia não passava de jeito nenhum; momento de curtir a familia no Natal e festejar muito no Ano Novo; momento de fazer  promessas; momento de fazer listas, de dizer o que aprendemos, o que perdemos...

E eu vou fazer o meu blá blá blá aqui.

Primeiro de tudo, eu só tenho a dizer: "As coisas acontecem na hora que devem acontecer", pare de fazer planos, de marcar horas, de fazer metas que até Deus dúvida, de tentar controlar o que não depende de voce.

Eu estou cansada de querer mandar na minha vida. Mas quando digo isso é naquele sentido de achar que posso mandar no que não depende de mim.

Quero na verdade é agradecer por tudo o que aconteceu!
Exatamente tudo... a cada lágrima que derramei e tudo mais.

Eu sou muito grata a esse ano, que no começo me pareceu o pior, mas que hoje eu vejo que foi um dos melhores anos da minha vida.

E desejar que 2012 aconteça tudo, mas tudo mesmo que deve acontecer... independente se na hora eu achar que o mundo acabou. Eu só desejo não controlar mais nada e literalmente ficar no "deixa a vida me levar"!

É isso ai.

HAPPY NEW YEAR!

Beijos

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Então eu canto aquela musica...

E então eu canto aquela musica...


♪ Garota eu vou prá Califórnia
   Viver a vida sobre as ondas fraldas
   Vou ser artista de cinema bebe
   O meu destino é ser star au pair... ♫


Sim, é isso mesmo o que voces estão pensando... I have a match!

Foi com a primeira (leia-se unica) familia que apareceu. Mas também, nem precisava de mais, né?
I'm completely in love =D
Eles apareceram no meu perfil dia 22 de Novembro. Gêmeos (dois boys coisa mais linda! Eles tem 6 meses agora)!! O primeiro contato foi meu. Assim que recebi a notificação mandei um email me apresentando, falando umas poucas linhas sobre mim e minha familia. Disse que gostaria muito de conhece-los e que poderiamos marcar um skype quando eles quisessem (avançadinha eu né?)
Chegando em casa de noite, fui olhar meu email e eles tinham respondido. Conversamos a data do skype, e claro, sempre contando coisas nossas nos e-mails.

Na data marcada, la estava eu, toda nervosa e tremendo igual uma vara verde depois da tempestade. Fui na casa da minha amiga Klau, porque eu estava sem internet, e na hora marcada a familia me add. Conversamos por 20 minutos. Foi tenso mas proveitoso. Eu quase nem perguntei nada porque a hostmother ia me explicando tudo durante sua apresentação; ela disse das crianças, do lugar, da familia, do carro, do quarto... enfim, tudo!
E, eu, pra não ficar com cara de "ahãm" e concordar com tudo, fazia algumas poucas perguntas (as mais idiotas possiveis - rsrsr).

Sai da casa da Klau toda boba-alegre, como se ja tivesse conseguido tudo. Ah, é a melhor sensação do mundo!
Claro, bate aquela realidade de que está chegando a hora, mas e dai? A sensação de coisa boa é maior! Não que ser au pair seja meu sonho (acho que não é o sonho de ninguem), mas era uma sensação de conquista, de que eu poderia ir além das fronteiras ja descobertas dentro de mim. É uma sensação incrivel!

Conversar com a familia me deixou muito mais tranquila. Eu não sei porque, mas coloquei na minha cabeça que a cidade era pequena (tipo, de interior), e tinha um pré conceito, sabe? Fiquei receosa, achei que não ia ficar bem la... que ia ficar isolada do mundo (hahaha, riam da minha ignorancia e preconceito, please). Mas depois que a gente conversa com a familia, da uma tranquilidade - pelo menos, comigo foi assim.

Depois trocamos mais alguns e-mails, e ela me disse que gostaria de falar comigo de novo!
Eitaaaa rapá! Que meda!

E la se foi mais um skype... ai como eles são adoráveis! Ela conheceu minha mãe (que ficou emocionada, sabe, com a voz embargada? Tadinha.. linda mamis), falou mais da rotina, da cidade, do que eu poderia fazer, do carro de novo, do quarto, do clima, do que eles gostam de fazer... coisas assim.
Dai ela diz pra minha mãe : "Nós vamos cuida bem da Carol" - meu coraçao ficou sem bombear sangue pro meu corpo por um tempo! Hahaha era isso mesmo produção? E assim foi o segundo skype. Nem preciso dizer que me derreti toda, né?

Eu não queria acreditar, tudo estava tão legal, tão bem! Eu não queria colocar na minha cabeça que ela ia ficar comigo (boba como sou). Mano, trocamos varios e-mails e elogios, ela disse que ia cuidar direito de mim, falou com minha mãe... qual a chance de ela não querer o macth? Nesse caso, NENHUMA!

No dia seguinte ela manda um e-mail super fofo dizendo que tinha gostado muito de mim, que tinha conversado com o marido (eu também falei com ele no skype), e que ela adoraria que eu pudesse ser au pair deles!!!!! Me perguntou se eu me senti a vontade, se sentia o mesmo e se aceitava. E voce acha que depois de tudo isso, eu ia dizer não? Essa familia caiu como uma luva. Eu tinha pedido tanto a Deus que fosse uma coisa boa na minha vida, que parece que ele colocou a familia certa!

Então é isso rapa!
Califórnia girls me aguardem!
Depois eu volto mais e conto o que vai acontecer agora!

See you folks!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Sentimentos

Eu não sei se com todo mundo é assim, mas no meu caso foi.

Sim, apareceu a primeira familia (yes!!)!

Pouco ansiosa como sou, eu entrava no meu perfil todos os dias de manhã (leia-se 7hrs da manhã) pra ver se apareceia alguma coisa, alguma notificação, qualquer coisa!! Depois que isso vira rotina, chega uma hora, que voce ja esta até anestesiada contra a decepção de ler "Our host families are viewing your application" ou "You application is circulating to our host families" - acho que era isso; que um belo dia eu resolvi não abrir meu app e não ohar mais aquela terrivel mensagem. E ainda bem que não fiz isso!

Eis que estou no meu serviço, não me aguentando de vontade e decido entrar no meu app... e leio "You have 1 family currently interested in you profile". O queeee??? Era isso mesmo??? Gézuis me acuda! E la vai eu pro banheiro pra pular e poder sorrir (igual uma tonta), porque no serviço ninguem sabe que estou planejando um intercambio.
Primeira coisa que fiz foi mandar um e-mail pra familia, o qual o titulo era "Hi family. I'm Ana Caroline from Brazil". HAHAHAHA dou risada desse titulo até agora. Mas meu e-mail foi bonitinho, vai...
Chego em casa e penso "Ah, vou entrar no meu e-mail". E entrei! A familia tinha respondido!! Gente, fiquei sem coração por uns minutos. Eu não estava acreditando! Acho que pulava igual uma macaca nova.

Enfim, depois da euforia (agora eu vou explicar o titulo do post), acho que caiu a ficha... É AGORA!
Comecei a pensar em milhões de coisas, e depois de muita luta pra consguir ficar on, eu tive aquela dúvida. Será que é isso mesmo o que eu quero?
Fiquei a noite mal... dormi mal e acordei mal... chorava igual um bebe sem mamadeira (mas era escondido, não contem pra ninguem tá?).
Mas, sabe... eu tinha pedido tanto pra Deus nas minhas orações, que colocasse uma familia abençoada no eu perfil, e que fosse feita a vontade dele. Eu não tinha porque me preocupar. Eu entreguei tudo nas mãos Dele, e assim ficou!
Claro, eu não sou uma pessoa que consegue ter sua ações controladas, e por mais que eu tivesse traquila após minha "conversinha com Deus", sempre tem alguns momentos que bate um medinho. É impossivel não se assustar quando a coisa realmente está na sua porta!

Não sei se é assim com todo mundo, ou se isso aconteceu comigo por tudo o que eu ja passei.

Mas ainda bem que agora ja está tudo bem!


Noproximo post eu volto e conto mais sobre a family!


See you guys!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

O video, yeah!

Hello there!

Post sobre o vídeo. Oh gosh!

É estranho postar aqui, rsrs. To com vergonha, por favor, não riam do meu english nem dos gestos nem nas horas que eu travo, ok?

Como quem está na chuva é pra se molhar, porque não fazer, né? Poder ser um ponto a mais (ou a menos, dependendo do que se fala - HAHAHA).
Acho na verdade que o vídeo é a parte mais importante, depois, é claro, das referencias. Nela a familia pode ver realmente quem somos, ter noção do nosso nível de inglês, e ouvir o que voce realmente tem a dizer. Eu, se fosse escolher uma au pair, concerteza iria no video primeiro, e se não gostasse ja partiria pra outra (sou muito má rapá) rsrs.

Brincadeiras a parte, vamos ao que interessa...
No outro post, eu dei algumas dicas sobre o vídeo (aqui ó), e eis que finalmete resolvi postá-lo para fazer a alegria de voces, mis amores.
Vou te contar que não é legal não. Por mais idiota que pareça, voce sabe que alguém vai ver você falando por 1 minuto e atrvés disso fará um jugamento de sua persona! Ai da aquele medo, do tipo "To sorrindo muito?, "To muito séria?", "Falei de tudo?"...  oh shit!

Eu fiz e refiz várias vezes, mas não tava dando certo. Isso porque eu queria fazer o vídeo "corrido" (no sentido de "sem interrupções") mas depois de muitas tentativas, resolvi fazer em pedaços - idéia do namorado, porque ele que estava filmando e começou a ficar cansado.

Espero que vocês gostem e que seja de ajuda.