terça-feira, 28 de junho de 2011

Como está meu processo - Jun 2001 - Ainda bloqueada

Eu ainda continuo bloqueada... já mandei e-mail e ainda nada galera...
Eles demoram pra responder, a moça da agencia daqui disse que ainda está esperando uma resposta deles também.

Essa espera está terrível mas é isso aí pessoal... o pior de tudo é que vejo uma porrada de gente ficando on rapidão, massss o que eu posso fazer? Só deixar nas mãos de Deus!

Enfim é isso... só passei pra atualizar!
Espero voltar logo e com notícias boas.
Beijos

domingo, 26 de junho de 2011

Your account is currently locked.

Eu estou me perguntando o que aconteceu até agora... não, eu ainda não sei a resposta porque estava viajando esse fim de semana, mas só sei que eu preciso muito desabafar porque ta preso aqui na garganta...

Sexta de manha, antes de viajar eu fiz a burrada de entrar no meu Aproom e pra minha sorte e pra completar meu fds apareceu essa linda mensagem quando eu tentava fazer login:
"Your account is currently locked."

E eu me perguntei o tempo todo "O que? Mas o que será que aconteceu?"
Eu não estava acreditando no que tinha visto e pedi até pra uma amiga minha entrar no site mais uma vez pra ter certeza disso... e foi mais do que suficiente para acabar com meu mundo né???

Agora, será que alguem pode me dizer what happened?? Já aconteceu isso com vocês, ou será que é uma conspiração da APC contra a minha pessoa? Porque ja to achando que eles não gostam de mim desde o começo, pois ja sumiram com tudo que eu já tinha feito uma vez... alguém se lembra disso??? Está nesse post aqui

Please girls me ajudem!
Estou totalmente down... eu nem sei mais o que fazer...

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Promoções!

Quem não gosta de cuidar do cabelos, não é? Se tiver promoção, melhor ainda, correto?

(PS: sou eu na foto!)

Então se você tem facebook, entre nessa página e clique em 'curtir' e acompanhe promoções, dicas e notícias!


Beijos people

Dia da Au Pair!

WTF Au Pair??

Me peguei pensando que, pra quem não conhece o blog deve imaginar  "O que essa louca deve estar falando?".
Por isso vou aproveitar o dia da Au Pair (ebaa!!) e esclarecer pra quem ainda não sabe, o que é realmente ser uma au pair. Juro pra vocês que não é fácil, e que o que está escrito abaixo não é nem metade do que realmente passamos, mas que somos unidas e sempre torcemos umas pelas outras.
Pra quem não sabe tem um grupo no facebook só para au pairs (nois é chique no urtimo!). Quem estiver afim de se juntar, segue o link para cadastro - Grupo Au Pair. Nós temos regras também... ta achando que o barraco é bagunçado? rsrsrs

Na verdade eu peguei uma parte do texto do blog da Kelly e outras cossitas são minhas.

Ser au pair é

- ser corajosa.

- dedicar grande parte da sua vida a um projeto que pode não dar certo.

- querer fazer um intercambio e não ter grana suficiente para isso.

- ser sonhadora por natureza.

- ser um pouco (ou muito) louca.

- ser apaixonada.

- ter medo de deixar o namorado e torcer pra quando voltar tudo estar da mesma maneira que deixou.

- ter mania de misturar inglês e português.

- odiar ter que dizer o porquê não sabe nem quando nem pra onde vai exatamente.

- ter vocabulário próprio: HM, HF, HD, HK, LCC, Aceite, Match, APP, APIA, CC, APC, IE, EF, WS, V Day, D Day... Coisas que ninguém mais entende, achando que falamos um idioma novo.

- fazer 'To Do List', com passeios, viagens, desejos, compras.

- ouvir de alguém mais velho dizendo que você vai virar prostituta, ser deportada, e passará fome.

- agüentar uma pá de gente revirando os olhos quando você explica que ser Au Pair é "como ser uma babá de crianças americanas, com salário semanal e bolsa de estudos.

- querer carro nos tempos livres, fim de semanas e feriados off e kids comportadas.

- achar o salário de 200 dólares muito pequeno para nossos sonhos muito grandes.

- se imagina vendo esquilinhos na rua e natal com neve.

- fazer planos 'americanos' e 'brasileiros' do tipo "quando eu for pros states..." ou "quando eu voltar pro Brasil..."

- ser cheia do "eu não posso (complete com algo a se fazer), vou pros EUA"

- ter um monte de interesseiros atrás de você pedindo presentes dos EUA. E eu não me refiro aos amigos, mas sim àquelas pessoas com as quais você não fala a séculos!

- assistir Supernanny (a Jo Frost, não aquela do SBT) ao menos uma vez e tremer na base ao se imaginar caindo em uma family tipo aquelas loucas.

- ADORAR ler blogs de outras Au Pairs.

- pensar em inglês.

- ter uma família e uns amigos que não suportam mais vê-la falar de Au Pair.

- saber (ou não) como será sua reação ao se despedir do povo no salão de embarque do aeroporto.

- ir deixando maquiagens e eletrônicos no talo, porque sabe que não vale a pena gastar com isso no Brasil.

- conhecer o blog da AuPairMom e se revoltar (ou se revoltará) com alguns absurdos no Au Pair ClearingHouse.

- chorar de saudade e sentir o coração apertar e ao mesmo tempo pular de alegria ao receber qualquer notícia sobre o andamento do seu processo

- receber uma notificação de uma Host Family, correr no google e procurar sobre a cidade e a região.

- se apega à uma família que nunca viu, só por foto e webcam, e às vezes nem sabe se será SUA família.

- ter de aguentar todo mundo falando "você vai engordar lá!" quando o assunto é comida.

- ficar em panico de não saber quando tem ou vai ter que pedir demissão e/ou trancar a facul.

- começar a procurar a agenda de tour das bandas preferidas e imaginar em que cidade vai estar e se vai conseguir ver o show por causa dos dias off.

- deixa de fazer um milhão de coisas pra guardar cada moedinha pra viagem, e ainda assim sabe que vai ter que pedir uma mala de viagem de presente pros pais, porque vai faltar grana.

- ficar com dó dos livros que estão na lista de próximo e deixar de comprar outros, porque fica pensando no peso que vai fazer na mala. Além de planejar os livros que vai comprar em inglês por lá.

- ficar com dó dos DVDS que vai ter que deixar, eles não vão rodar na zona dos EUA mesmo.

- sonhar com o dia do match e ter medo de se arrepender da family depois.

Acima de tudo, toda Au Pair é GUERREIRA, LUTADORA, LOUCA de sair de sua chamada "zona de conforto" para jogar tudo pro alto e passar um (ou dois) anos em um lugar totalmente diferente do seu, com uma cultura diferente, pessoas que nunca viu na vida. Tudo isso "apenas" para procurar aquela coisinha chamada FELICIDADE.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Atualizando e esclarecendo!

Vi que as vezes deixo umas coisas meio mal acabadas aqui no blog e resolvi dar satisfação a vocês, afinal, eu que escolhi ter um blog né?


  • Curso de Au Pair: Não, eu acabei não fazendo o curso... no final das contas achei caro e depois consegui ficar bastante tempo na escolinha que AINDA sou voluntária. Experiencia boa! O curso de primeiro socorros tem o que fazemos no CFC e depois vou procurar o do corpo de bombeiros daqui da cidade mesmo.



  • Sim, a semana de solidão passou e resolvi deixar as coisas acontecerm por si, não vou ficar pensando muito porque se não ficou louuuuca!



  • Dúvida: bom, como eu disse não era nada garantido, e eu conversei direito sobre a real possibilidade desse intercambio e nada minha gente... o meu bolso e da minha mãe só garantem o Au Pair mesmo rsrsrs. Mas não custava pensar né?



  • E siiiiiim! Eu realmente tenho um namorado maravilhoso!

Recebi esse e-mail:

"Amei muito nosso dia dos namorados,
Amei muito meu presente,
Amei muito entregar o seu presente,
Amei muito o post que você fez pra mim,
Amei muito ir à quermesse com você,
Amo, muito ficar juntinho com você,
Amo muito todos os momentos com você.
Enfim... Amo Muito Você!!!"


Impossível não amá-lo não é?

E eu volto com ótimas notícias em breve!!!

See you soon! 

terça-feira, 7 de junho de 2011

Dúvida

O que você faria se lhe fosse oferecido um outro tipo de intercâmbio?
Como assim?
É, passar alguns meses em outro país com as despesas de hospedagem e curso pagas, tipo ir pro Canadá ou EUA SÓ PARA ESTUDAR por alguns meses?! Lógico que eu teria que me bancar lá, né? Massss
O que você faria? Aceitaria na hora? Pensaria? Negaria?

O que pode nos trazer mais conhecimento, cultura, experiencia de vida, dor, alegria?
1 ano ou alguns poucos meses?

Mas e onde fica o sonho das viagens, da Disney, de se aventurar por ai. E onde fica o orgulho de dizer "Eu me virei sozinha". Eu sei que parece ser uma ótima oportunidade e é, realmente é. Mas o coraçãozinho nesse momento está em outro lugar... sei lá. Será que vai ser proveitoso igual?

Dêem sua opinião sem compromisso ;)

See you soon

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Bad hair "week"

Mas por que bad hair week Carol?

Acho que a espera de ter uma resposta logo da agencia esta me deixando ansiosa mais do que o normal (é normal eu ficar ansiosa rsrs). Não que eu ache que está demorando, sei mesmo que demora umas tres ou quatro semanas e eu entreguei segunda passada (detalhe: hoje é quarta), mas é que to meio assim de demorar mais que eu espero, dai me pergunto se eu vou conseguir ir logo, sabe? Não to afim de perder tempo aqui, porque tenho planos de voltar a facul assim que pisar em solo brasileiro de novo! E quanto mais eu demorar pra ir, mais vou demorar pra terminar a facul. Não quero me formar no meio do ano, NÃO TEM GRAÇA!
To me sentindo, sei lá, tipo com quando você acha que demorou demais pra fazer alguma coisa e agora ta com as consequências disso? Eu queria estar agendando meu visto agora e não esperando ficar on line ainda. É terrivel!!

Parece que fazer aniversário me deixou meio 'down', sabe? A idade chega e tal... hahaha

Pra alegar nosso dia, aqui vai uma foto do meu querido e lindo João (minha host kid brasileira)

Estamos andando de bicicleta na lavanderia - hahahaha